24 de abr de 2015

Opostos. Ensaio com Mauricio Amorim.

Eu sempre fui atraída pelos contrastes. Claro e escuro. Tranquilo e devastador. Amor e ódio. Meio termo nunca foi suficiente pra mim.
Foi pensando nisso que decidi fazer fotos que explicitassem a relação oposta entre as coisas.
Pela visão de Mauricio Amorim e companhia de Júlian Novato.








Nenhum comentário:

Postar um comentário